TJ-SP nega agravo que pedia prisão de promotor condenado por agressão

Advogados na Web

Site

Publicado em 15/12/2016 08:22

Resumo

O Tribunal de Justiça de São Paulo, por 16 votos a 8, negou agravo regimental contra decisão que permitiu a um promotor responder em liberdade a uma condenação por lesão corporal dolosa grave contra sua ex-mulher. Ele foi condenado em 2010 pelo Órgão Especial do TJ-SP e, em agosto deste...

Veja o conteúdo completo em:

http://www.conjur.com.br/2016-dez-14/tj-nega-agravo-prisao-promotor-condenado-agressao

Deixe o seu comentário