Advogado e escritório terão de pagar dano moral por publicidade enganosa

Advogados na Web

Site

Publicado em 05/01/2017 02:05

Resumo

O parágrafo 1º do artigo 31 do Código de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil diz que os anúncios de serviços advocatícios não podem trazer referências a valores, apresentar tabelas, acenar com a gratuidade do trabalho nem discorrer sobre a forma de pagamento do...

Veja o conteúdo completo em:

http://www.conjur.com.br/2017-jan-05/advogado-escritorio-sao-condenados-publicidade-enganosa

Deixe o seu comentário

Conteúdos deste Autor

Mostrar mais

Conteúdo Sugerido


Conteúdos Relacionados

Revisão da regra favorável: O que e?

MARQUES SOUSA E AMORIM SOCIEDADE DE ADVOGADOS

Bloqueio indevido da Aposentadoria

MARQUES SOUSA E AMORIM SOCIEDADE DE ADVOGADOS

INSS: QUANDO PEDIR A REVISÃO DE BENEFÍCIO? CONFIRA OS CASOS

MARQUES SOUSA E AMORIM SOCIEDADE DE ADVOGADOS